Request & respond explanations
  • Don't understand the meaning of the song?
  • Highlight lyrics and request an explanation.
  • Click on highlighted lyrics to explain.
Gilberto Gil – Lament O Sertanejo (Forró Do Dominguinhos) lyrics
Por ser de lá
Do sertão, lá do cerrado
Lá do interior do mato
Da caatinga do roçado

Eu quase não saio
Eu quase não tenho amigos
Eu quase que não consigo
Ficar na cidade sem viver contrariado

Por ser de lá
Na certa por isso mesmo
Não gosto de cama mole
Não sei comer sem torresmo

Eu quase não falo
Eu quase não sei de nada
Sou como rês desgarrada
Nessa multidão boiada caminhando a esmo
×



Lyrics taken from /lyrics/g/gilberto_gil/lament_o_sertanejo_forr_do_dominguinhos.html

  • Email
  • Correct

Lament O Sertanejo (Forró Do Dominguinhos) meanings

Write about your feelings and thoughts about Lament O Sertanejo (Forró Do Dominguinhos)

Know what this song is about? Does it mean anything special hidden between the lines to you? Share your meaning with community, make it interesting and valuable. Make sure you've read our simple tips.
U
Min 50 words
Not bad
Good
Awesome!

Post meanings

U
Min 50 words
Not bad
Good
Awesome!

official video

Featured lyrics

0-9 A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z