Add Explanation
Add Meaning
$album_name
$date_release
$writer_name
New! Read & write lyrics explanations
  • Highlight lyrics and explain them to earn Karma points.
Afonso Zeca – Cantigas De Maio lyrics

(letra do refrгo: popular)
Eu fui ver a minha amada
Lб p'rуs baixos dum jardim
Dei-lhe uma rosa encarnada
Para se lembrar de mim
Eu fui ver o meu benzinho
Lб p'rуs lados dum passal
Dei-lhe o meu lenзo de linho
Que й do mais fino bragal
Eu fui ver uma donzela
Numa barquinha a dormir
Dei-lhe uma colcha de seda
Para nela se cobrir
Eu fui ver uma solteira
Numa salinha a fiar
Dei-lhe uma rosa vermelha
Para de mim se escantar
Eu fui ver a minha amada
Lб nos campos eu fui ver
Dei-lhe uma rosa encarnada
Para de mim se prender
Verdes prados, verdes campos
Onde estб minha paixгo
As andorinhas nгo param
Umas voltam outras nгo
Refrгo:
Minha mгe quando eu morrer
Ai chore por quem muito amargou
Para entгo dizer ao mundo
Ai Deus mo deu Ai Deus mo levou



Lyrics taken from http://www.lyricsmode.com/lyrics/a/afonso_zeca/cantigas_de_maio.html

  • Email
  • Correct


Music Facts about Afonso Zeca and "Cantigas De Maio" song

Cantigas De Maio meanings

      Write about your feelings and thoughts about Cantigas De Maio

      Know what this song is about? Does it mean anything special hidden between the lines to you? Share your meaning with community, make it interesting and valuable. Make sure you've read our simple tips.
      U
      Min 50 words
      Not bad
      Good
      Awesome!
      Explain